Batedor de carteiras fazendo marvadeza

Foi bater uma carteira e se deu mal

No começo da noite de sexta (29), lá pelas 21h30min, foi acionada a Gu da PM para atender uma ocorrência de tentativa de furto.

A Gu da PM composta pelos competentes Sds Macedo e Ciota foi acionada via 190 na Rua Dom Joaquim do Arco Verde, ao lado do Cemitério Cruz das Almas, para atender uma ocorrência onde populares haviam imobilizado Diego Neves Ribeiro, 22 anos, por tentativa de roubo. Chegando ao local, os home se depararam com Diego Neves Ribeiro, de 22 anos, maneado no chão com algumas lesões no rosto.

Perguntado sobre os fatos, nada declarou. Porém, em contato com a vítima A.F.F, foi relatado que por volta das 12h30min transitava pela Rua Silvio Romero, e próximo ao número 65, foi abordada por Diego, e o mesmo tirou uma faca do punho da blusa, ameaçou e ordenou que a vítima lhe entregasse a bolsa.

Neste momento a vítima começou a gritar por socorro e apareceram vários populares na rua para verem o que estava se sucedendo, e Diego Ribeiro saiu correndo tudo em direção ao cemitério sem subtrair nenhum dos pertences da mulher.

Os populares relataram que escutaram na rua, e que ao sair, visualizaram Diego tentando arrancar a bolsa de A.F.F, e saíram em disparada atrás de Diego, vindo a alcançá-lo tentando pular o muro do cemitério. Ao tentar abordar Diego, este investiu com uma faca contra os populares, mas esses conseguiram tomar a faca e imobilizaram-no até a chegada da PM.

Diante dos fatos, foi apreendida a faca utilizada na tentativa de roubo, dada voz de prisão a Diego, e conduzidos todos os envolvidos até a delega.


Imagens


Logo_Branco_Sem_Fundo.png

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | O Momento