Peças de moto furtada estavam sendo nas redes sociais

O receptador contou que pagou R$ 100 reais pela moto

A guarnição da ROCAM do 6ª atendeu uma ocorrência de receptação no Bairro Centenário próximo ao Café Guidali onde a vítima o jovem Patrick, 23 anos, informou que sua motocicleta Honda/CG 125 FAN placa MGL - 6485 havia sido furtada no dia primeiro do ano sendo vendida em partes pelo facebook.

Na sexta (08/01), a vítima fez contato com o "vendedor" que este lhe ofereceu as peças, o qual reconheceu através de fotos, deslocou até o local para se certificar que se tratava realmente de partes de sua moto sendo identificado entre elas o tanque de combustível que possuía marca de um adesivo que o jovem teria arrumado.

Os policiais foram a uma casa no beco do "Magala" onde Igor Carlos, 24 anos, nem tentou mentir para os homi e foi logo confessando que teria as peças, porem estava guardado elas em uma residência ao lado que teria alugado para servir de esconderijo.

No local várias peças foram localizadas dentre elas a placa de identificação sendo ambas fotografadas e encaminhadas para a central de polícia juntamente com o autor da receptação que alegou ter comprado por 100 "pila" a motocicleta.

Localizado um aparelho celular Samsung J4 que também foi entregue paras autoridade policial aja visto que a negociação era feita via aplicativo WhatsApp.


Imagens


Logo_Branco_Sem_Fundo.png

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | O Momento