Distribuição do Spinraza para pacientes com AME começa na próxima semana

Existem hoje no Brasil 960 portadores de AME, 53 somente em Santa Catarina, conforme dados do Instituto Nacional da Atrofia Muscular Espinhal (INAME)

Foto: Divulgação

O medicamento Spinraza para tratamento de pacientes com Atrofia Muscular Espinhal (AME) começa a ser distribuído na próxima semana pelas secretarias de estado da saúde. A informação foi repassada pelo Secretário de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde (MS), Denizar Vianna, nessa quarta-feira, 30, durante audiência pública para tratar sobre o tema, solicitada pela deputada federal Carmen Zanotto. 

Ele explicou que a medicação chegaria da Alemanha ao Brasil na quarta-feira e começará a ser distribuída a partir da próxima semana. 

"Foi uma luta muito árdua e uma vitória de toda a sociedade. O mais importante é que a audiência pública trouxe os esclarecimentos necessários sobre como se dará a distribuição, aplicação do Spinraza pelo SUS e a rotina dos pacientes e familiares que utilizam o medicamento de alto custo. Vamos continuar acompanhando todo o processo", destacou Carmen Zanotto. 

Existem hoje no Brasil 960 portadores de AME, 53 somente em Santa Catarina, conforme dados do Instituto Nacional da Atrofia Muscular Espinhal (INAME). 

Segundo o secretário Denizar, para ter acesso ao medicamento, serão duas formas de atendimento de acordo com a classificação da doença. "Para os pacientes com Tipo I, o contato deverá ser feito diretamente com as secretarias municipais/estaduais de saúde. Para os tipos II e III o contato deverá ser feito por meio da ouvidoria do Ministério da Saúde (telefone 136) e cada paciente cadastrado será orientado sobre qual Serviço de Referência deve procurar", esclareceu Denizar. Existem no país 57 Centros de Referência. 

A portaria do Ministério da Saúde (MS) entrou em vigor no dia 24 de outubro. Em 24 de abril o Ministério da saúde anunciou a incorporação do medicamento Spinraza pelo SUS para pacientes com o Tipo1, (Portaria nº 24), e em 11 de junho, o benefício também foi estendido aos pacientes para os Tipos 2 e 3 portadores da doença (portaria nº 1.297, de 11/06/19) com o medicamento disponível na rede pública. 

Gabinete Carmen Zanotto

 

Imagens


Logo_Branco_Sem_Fundo.png

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | O Momento