Coluna Paulo Ramos Derengoski -16/06/2020

A Grande Catedral de Lages

    Pode-se afirmar que a Catedral de Lages (SC) é o mais belo monumento de Santa Catarina - e um dos mais originais do Brasil.

    Projetada pelo padre alemão Frei Egydio Lother, sua construção foi iniciada em julho de 1912 e inaugurada no Natal de 1921.

    De início, chamada apenas de Igreja Nossa Senhora dos Prazeres, passou a ser Catedral em 18 de outubro de 1929, (Matriz de Lages), quando o Eminente D. Daniel Hostin se tornou nosso primeiro Bispo Diocesano.

    O projeto da catedral de Lages inspirou-se, (na planta baixa) na forma e cobertura das torres piramidais multifacetadas da monumental Catedral de Magdeburg (Templo de São Maurício e Santa Catarina).

    Conforme o arquiteto Dr. João Preto de Oliveira, o estilo da Catedral de Magdeburg, na antiga Prússia, marca a transição do "Românico do Reno" para o Gótico, mas teve acabamento com refinamento Gótico, principalmente no seu interior e arcadas das aberturas e porta principal. Pode-se dizer que o estilo pode ser definido como uma transição entre o Gótico Primitivo e o Gótico Tardio.

    Observe-se que o Gótico Tardio é baseado na Catedral de Saint Denis, na França, ainda no século XII, construída em 1163, mas suas torres não tem telhado.

    A técnica da construção gótica é um sistema de equilíbrio que usa um critério bem diverso do clássico Românico, segundo o Prof. João Preto.


Imagens


Logo_Branco_Sem_Fundo.png

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | O Momento