Legado de Clênio Souza estará em exposição e a venda

Exposição terá abertura nesta quinta - feira, 9 nas dependências da Uniplac

Foto: Foto: Divulgação

Fazem 13 anos que o artista plástico e chargista oficial de O Momento, Clênio Souza faleceu deixando um legado de obras lindas e maravilhosas, que são imortais e que por motivo de mudança a viúva do artista, Carla Souza pretende vender as mesmas.

Com isso numa parceria com a Uniplac através da professora, Roseceli Martinhago Vieira estará sendo feito a exposição destas obras e vendas das mesmas a partir de quinta, 9, quando será feito a abertura desta exposição nas dependências da universidade a partir das 20hs.

Na programação de abertura desta exposição ainda esta agendada uma fala de Carla, viúva de Clênio, a participação de uma ex - aluna do curso de Artes Visuais da Uniplac com uma roda de conversa que fez seu trabalho de conclusão do curso sobre a vida do ex- cartunista deste semanário e musicas com os acadêmicos deste curso.

Segundo a professora Roseceli Vieira essa exposição faz parte do Projeto de Extensão Arte na Escola - Polo Uniplac e as obras estarão expostas na biblioteca e central do estudante durante todo mês de maio.

Quem é Clênio Souza - Natural de Urubici, Clênio Souza adotou Lages como sua cidade do coração, onde produziu incansavelmente e realizou inúmeras exposições com destaque para os personagens "Fagundes e Anacleto", dupla que fez sucesso através das páginas do Jornal O Momento, agradou e ainda agrada crianças e adultos. Como chargista, Clênio usou e abusou da sua criatividade e do seu senso crítico aguçado.


Imagens



14472708677060.jpg

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | O Momento