Associada da ASSOC coleciona orquídeas em Chapecó

Claci Terezinha da Silva cultiva em seu orquidário cerca de 650 orquídeas

Todos os dias a associada da Associação Orquidófica de Chapecó (ASSOC), Claci Terezinha da Silva, ocupa horas cuidando do seu orquidário. O espaço foi construído há alguns anos nos fundos de sua casa e já possui cerca de 650 orquídeas de 25 espécies diferentes. 

Claci explica que o cultivo de orquídeas requer muita dedicação e estudo. "As orquídeas costumam florescer apenas uma ou duas vezes por ano. Por isso, é preciso conhecer um pouco sobre cada espécie para entender sobre o ciclo de floração da planta e conseguir ter sempre plantas floridas", frisa. "A luminosidade também é essencial no processo de cultivo de orquídeas. Outra dica é manter as plantas em locais arejados", acrescenta.

A associada da ASSOC relata que se cultivadas de forma adequada, dificilmente as plantas serão atacadas por pragas e doenças. Porém, alerta que todo o cuidado é pouco. "Se uma planta ficar doente a chance de contaminar as outras é muito grande. Por isso sempre que participo de exposições deixo as plantas isoladas por um tempo, para me certificar de que elas estão saudáveis", conta.

União e amor pelas plantas

O amor pelas orquídeas começou em 2008, quando Claci participou de um curso prático sobre o cultivo de orquídeas. No mesmo ano, o grupo fundou a associação. A ASSOC surgiu no dia 21 de junho de 2008, com o objetivo de reunir pessoas interessadas no cultivo de orquídeas, além de promover eventos relacionados ao assunto. Atualmente, a entidade sem fins lucrativos possui 33 membros.

Os associados se reúnem uma vez por mês no Mercado Público Regional de Chapecó para trocar conhecimentos e debater assuntos relacionados à ASSOC. O local foi cedido pela Prefeitura de Chapecó, já que a entidade já foi reconhecida como de utilidade pública municipal e estadual.

Claci acredita que a troca de experiências entre os membros da ASSOC contribui muito com o desenvolvimento das plantas. "É muito bom. Nós trocamos conhecimentos sobre o cultivo de orquídeas, fazemos amizades e ainda nos divertimos juntos", destaca a associada da ASSOC.

11ª Exposição de Orquídeas

Além disso, a ASSOC estimula os associados a participarem de cursos, palestras, viagens e, ainda, organiza eventos como mostras e exposições de orquídeas. Um deles está previsto para os dias 23, 24 e 25 de agosto. É a 11ª Exposição de Orquídeas, que ocorre no Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo de Nes e faz parte da programação de aniversário de 102 anos de Chapecó.

Durante a exposição, os participantes vão explicar sobre o cultivo da planta e tirar dúvidas dos visitantes. Quem passar por lá poderá comprar orquídeas e prestigiar as plantas vindas de associações de Anchieta (SC), Carazinho (RS), Chapecó (SC), Maravilha (SC), Curitiba (PR), Timbó (SC), Blumenau (SC) e outras cidades que não estão confirmadas. Ao todo, serão mais de 500 plantas expostas entre as mais variadas espécies de orquídeas, bromélias, cactos, suculentas e plantas ornamentais.

Legendas das fotos

Cultivo de Orquídeas (1): Orquidário de Claci conta com mais de 650 plantas

Cultivo de Orquídeas (2): Claci será uma das expositoras da 11ª Exposição de Orquídeas

Cultivo de Orquídeas (3): 11ª Exposição de Orquídeas contará com diversas espécies de orquídeas

Cultivo de Orquídeas (4): Claci dedica horas do dia cuidando das plantas

Cultivo de Orquídeas (5): 11ª Exposição de Orquídeas faz parte das comemorações dos 102 anos de Chapecó

Cultivo de Orquídeas (6): O cultivo de orquídeas requer muita dedicação e estudo

Cultivo de Orquídeas (7): Claci Terezinha da Silva é uma colecionadora de orquídeas

Cultivo de Orquídeas (8): Associada da ASSOC, Claci, cultiva orquídeas desde 2008

Imagens



14472708677060.jpg

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | O Momento