Cervejaria Princesa da Serra investirá R$ 1 milhão em ampliação

A fábrica da cerveja artesanal lageana Princesa da Serra terá um investimento de R$ 1 milhão na sua ampliação, passando da produção de cinco mil litros por mês para 20 mil litros mensais. A reunião entre os proprietários da Cervejaria, Eli Fernando Zanin e James Branco e lideranças do município.

O projeto de expansão da Cervejaria Artesanal Princesa da Serra, foi apresentado nesta ocasião. A previsão de realização dos primeiros testes é para agosto, com a conclusão da instalação das máquinas provenientes de Bento Gonçalves (RS). A inauguração está prevista para meados de novembro, em comemoração ao aniversário de 253 anos de Lages e da própria marca da Cerveja.

Com características modernas, o projeto arquitetônico proporcionará uma experiência única com a cerveja artesanal na Serra Catarinense, além do Restaurante Galpão Capão do Cipó, destino gastronômico já consolidado com pratos típicos de truta e tilápia, oferecidos no rústico ambiente na avenida Bruno Luersen, bairro Vila Mariza. O vice-prefeito, Juliano Polese, salienta que, "ao fortalecer e ampliar o setor se consolida o mercado da cerveja artesanal como um produto turístico para Lages e a região da Serra Catarinense".

Conheça melhor a Cerveja Princesa da Serra

A Cerveja Princesa da Serra é uma microcervejaria que iniciou suas atividades no final de 2016 produzindo em torno de três mil litros por mês, e buscando atender à demanda de consumo de cervejas especiais para o Restaurante anexo à fábrica. O nome Cerveja Princesa da Serra se deu em homenagem a Lages, que ostenta o título de Princesa da Serra Catarinense.

Após duas ampliações e uma total reestruturação em 2019, a Cervejaria chega à capacidade de produção de até 15 mil litros mensalmente, e cinco estilos de cervejas puro malte: Pilsen, Weizen, Vienna, IPA e Stout, todas em growler descartável de um litro e barris de 30 e 50 litros, vendidos em diversos pontos na cidade de Lages e nas cidades vizinhas. Em breve as cervejas serão comercializadas também em garrafa. A Cervejaria conta com equipamentos de primeira linha, mão de obra especializada e trabalha com as melhores matérias-primas, na sua maioria importadas da Alemanha e dos Estados Unidos (EUA).

Este ano, a Princesa da Serra de Lages foi premiada com medalha de ouro no VII Concurso Brasileiro de Cervejas, em Blumenau, evento considerado o Oscar da cerveja brasileira. A cerveja premiada foi a Weizen Galpão do Cipó. O evento fez parte do 11ª edição do Festival Brasileiro da Cerveja.

Imagens



14472708677060.jpg

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | O Momento