Estudantes de Lages garantem representação no Torneio de Robótica First Lego

O aplicativo Game Racing, é a solução encontrada pelos participantes lageanos. Desenvolvido durante quatro meses por João Gabriel e pelo Gustavo Borba, do segundo ano do Ensino Médio, e por Maria Luiza e João Vitor, do nono ano do Ensino Fundamental, o Game Racing busca oferecer aos jogadores exercícios físicos com recompensas

Foto: DIVULGAÇÃO

O torneio busca motivar estudantes a desenvolver soluções para problemas do dia a dia da sociedade moderna. Neste ano o First Lego League (FLL), elegeu como tema RePLAY e desafiou os participantes a desenvolver projetos tecnológicos que envolvam espaços para exercícios, competições e brincadeiras. Quatro alunos do SESI e SENAI Lages estão se preparando para participar da primeira etapa on-line que ocorre nos dias 09 e 10 de abril.

O aplicativo Game Racing, é a solução encontrada pelos participantes lageanos. Desenvolvido durante quatro meses por João Gabriel e pelo Gustavo Borba, do segundo ano do Ensino Médio, e por Maria Luiza e João Vitor, do nono ano do Ensino Fundamental, o Game Racing busca oferecer aos jogadores exercícios físicos com recompensas.

"Os usuários do aplicativo vão conseguir moedas virtuais por meio de caminhadas", comenta o aluno João Gabriel. A ideia dos estudantes é aumentar a qualidade de vida das pessoas. Uma pesquisa realizada por eles, aponta que algumas das principais doenças e causas de óbitos são decorrentes do sedentarismo.

As funções são únicas. "Pesquisamos outros aplicativos que já são utilizados e nenhum tem as funcionalidades que oferecemos no nosso", destaca Gustavo Borba.

O projeto está sob orientação da coordenadora de educação básica do SESI e do SENAI Lages, Jaqueline Gomes. Ela explica que durante quatro meses, a equipe testou e ajustou o aplicativo para apresentar um produto com qualidade e que atenda os objetivos do torneio. "O Game Racing já está publicado na Google Play, porém, como antes precisa passar por testes da plataforma, ainda não está liberado para download", comenta.

Após a participação no campeonato, os alunos apresentarão o projeto para as Secretarias Municipais de Saúde e de Turismo do município. O gerente executivo do SESI e SENAI na Serra Catarinense, Giovane Carvalho, acredita que essa iniciativa possa ofertar aos municípios a inserção de pontos turísticos e o estímulo à atividade física da população.

O torneio FFL, é um programa internacional sem fins lucrativos, para jovens de nove a 16 anos no Brasil. Neste ano, o torneio será on-line e poderá contar com a participação do público mediante inscrição no site https://hybri.online/torneio_de_robotica/. As quatro melhores equipes de Santa Catarina, irão para etapa nacional. A melhor equipe do Brasil seguirá para a etapa internacional e será recompensada com certificado de reconhecimento e troféus.

Por Luan Turcati | Foto: Divulgação/SESI SC

Imagens


Logo_Branco_Sem_Fundo.png

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | O Momento