Intercâmbio agronômico entre Uruguai e Lages

Uruguaios avaliaram como altamente positivo para o desenvolvimento agrícola o sistema da agricultura familiar

Foto: Divulgação

Uma comitiva de agricultores familiares uruguaios, em visita de trabalho ao Brasil, estiveram em Lages, nesta semana, onde percorreram propriedades beneficiadas pelo Programa Nacional de Crédito Fundiário. A promoção desta atividade foi da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de Santa Catarina (Fetaesc). 

Os uruguaios, em Lages, estiveram acompanhados de técnicos da Secretaria Municipal da Agricultura e Pesca, da Prefeitura de Lages, além do extensionista da Epagri, Pedro Donizete e o representante da União Rural de Lages (UNIR), Robinson Spuldaro.

Dentre as inúmeras propriedades rurais visitadas, no país, duas são de Lages: a de propriedade da família de Cleci Plickea, na localidade de Tributos, onde são cultivados cinco hectares de moranguinho (produção o ano todo); e a de propriedade da família Carraro, em Macacos, onde também em uma área de cinco hectares são produzidas 125 toneladas de uva, além de outros dois hectares utilizados no cultivo de hortifrutigranjeiros.

Segundo Robinson Spuldaro, representante da UNIR, os uruguaios comentaram positivamente sobre o que presenciaram nas propriedades visitadas em Lages. "Essa comitiva é formada por integrantes da Associación de Mujeres Rurales del Uruguay e da Comision Nacional de Fomento Rural do vizinho país. Esse intercâmbio é muito positivo tanto para os visitantes como para os nossos agricultores, inseridos na agricultura familiar. É uma troca de experiências muito importante", avalia Robinson.

Texto: Iran Rosa de Moraes


Imagens


Logo_Branco_Sem_Fundo.png

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | O Momento