Estiagem preocupa administração de Capão Alto

A estiagem que já é considerada a mais severa dos últimos anos e que vem afetando várias regiões, principalmente a Serra Catarinense, onde algumas cidades já decretaram estado de emergência também tem preocupado a administração de Capão Alto.

O alerta sobre a situação vem do próprio prefeito, Tito Freitas que na última semana esteve verificando in loco a situação dos rios que cortam o município, principalmente o Rio Pelotas o maior deles.

Apavorado com a situação o prefeito disse a reportagem de O Momento que a estiagem tem prejudicado o setor agrícola do município e também a arrecadação já que com menos água diminui a produção da Usina Hidrelétrica de Barra Grande e consequentemente Capão Alto recebe menos royalties. "Estive fazendo uma averiguação dos rios e em todos esses anos eu estou com 74 anos e nunca vi uma estiagem tão severa como essa que estamos passando o que traz ao município prejuízos imensuráveis" detalha o prefeito Tito Freitas.

Para o leitor de O Momento ter ideia de como está a situação da estiagem o prefeito esteve com a reportagem deste semanário visitando a Localidade de Santo Antônio onde está localizado o Rio Pelotas e verificou -se que o nível do leito do rio baixou muito dando para ver até os escombros da antiga ponte. "Essa visita serve para mostrar a real situação e alertar que a comunidade ajude a fazer sua parte fazendo economia de água" alerta o prefeito.

O gestor capão altense deixa claro que a municipalidade tem buscado fazer ações que minimizem a situação da estiagem como a abertura de bebedouros e se for o caso até uso de carros pipa levando água potável a localidades onde não se acha mais água.

Imagens


Logo_Branco_Sem_Fundo.png

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | O Momento