Angústia

* Filósofo e Mestre em Práticas Transculturais

Foto: DIVULGAÇÃO

Por Escritor Joacir Dal Sotto *

Quase ninguém vai ligar para tuas lágrimas. Os teus pais terão sofrimentos e perguntarão em qual momento erraram contigo. Os teus pais terão sofrimentos e não terão perguntas ou respostas. Os teus pais sofrerão toda humilhação que você mesma provocou. Os teus pais perderão saúde e dinheiro para auxiliarem na tua caminhada. Os teus pais ficarão noites inteiras sem o brilho do sono, pois estarão só na espera da tua volta.

Quase ninguém vai ligar para tuas lágrimas. Você vai errrar na tua busca da felicidade. Você vai usar tanta droga que o teu corpo ficará bem perto da morte. Você vai usar do corpo como se o prazer fosse uma virtude de prostituta. Você irá esperar pelo milagre e tua canção será que o milagre que dificilmente você acreditará que é o milagre de Deus. Você irá ter tantos sinais e no fundo espera pelo grande favor. Você irá sentir demônios e tua salvação levará um tempo para mudar os aspectos do teu coração.

Quase ninguém vai ligar para tuas lágrimas. Você irá tomar antidepressivos e fará terapia. Você irá tentar suicídio e ouvirá sussurros de que é uma louca. Você irá querer que o sono seja eterno e que ninguém venha falar contigo. Você não irá querer ir ao trabalho e terá medo dos pesadelos. Você estará com pessoas e no fundo estará sozinha. Você irá ouvir canções que digam o que faz bem para o teu fraco coração.

Quase ninguém vai ligar para tuas lágrimas. Você será tão artista quanto eu, mas no fundo terá uma dor obscura da noite e toda promessa será uma farsa.

Quase ninguém vai ligar para tuas lágrimas. O céu não será mais o mesmo, é que você mudou, é que você deixou de ser flor e espera pelo milagre.

Quase ninguém vai ligar para tuas lágrimas, mas eu estou aqui, eu sou o instante de compreensão, eu sou o instante de paz, eu sou o instante da loucura em proteção da vida, eu sou o poder de Deus e que, agora, abraça toda extensão do teu corpo.

...

Imagens

Logo_Branco_Sem_Fundo.png

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | O Momento