logo RCN
Facebook
YouTube
Instagram
WhatsApp

Obrigado ao Espírito Santo

12/04/2022 13:18

' ' : ' Paulo Ramos Derengoski'

O Espírito Santo é a metade serra e metade litoral. O Caraparaó chega a 2.890 metros de altitude.

Já foi quase totalmente coberto pela mata atlântica, mas hoje é um grande cafezal, onde se usa o sistema de plantio adensado o irrigado com grandes colheitas. Tem ainda cacau, banana, laranja e dentre as indústrias se destaca o Chocolate Garoto, preferido dos turistas. Tem areia monazíticas e petróleo. Perto da Capital Vitória está o maior porto exportador de minérios do país: Tubarão.

O nome "Vitória", aliás, vem da comemoração de um massacre que os portugueses fizeram contra os índios Goitacazes. Foi um dos primeiros Estados do Brasil a adotar a prática das queimadas para derrubar matas. Depois de uma sangrenta rebelião de escravos de 1848 (Queimados) resolveu-se importar imigrantes: vieram alemães, suíços, holandeses e italianos.

Hoje é um estado fortemente turísticos com praias belíssimas como Guarapari muitas fazendas de turismo rural copias do modelo lageano. Com isso o turismo subiu as montanhas e Guarapari ficou sendo a praia dos minérios, que a meu ver poderia ser mais limpa e organizada. Em compensação tem uma das montanhas mais bonitas do País: a Pedra Azul.

Enfim: O Espírito Santo tem os mais variados atrativos, desde o Cachoeiro do Itapemirim de Roberto Carlos e da saudosíssima Narinha Leão; à cidade-presépio de Vitória; A cidade dos colibris, Santa Tereza; à famosa moqueca de peixe capixaba; aos recifes de Aracruz; ao processo das tartarugas Tamar; ao convento da Penha de Vila Velha; à colonização pomerana. Lembra Santa Catarina no encontro serra e mar: num banho de alto astral.

E agora recebem doentes de SC!

mais sobre:

Deixe uma resposta

publicidade